quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Largue o peso

1Pedro 5.7 (RA)

Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós” (1Pe 5.7).

A seguinte anedota pode ser fictícia, mas ilustra um fato. De acordo com ela, quando um montanhês completou seu septuagésimo quinto aniversário, um piloto de avião ofereceu-se para levá-lo a um passeio aéreo e sobrevoar as terras onde ele havia vivido. Apreensivo a princípio, o idoso senhor finalmente aceitou o convite. Depois que ele retornou à terra firme, um de seus amigos perguntou: “E daí, o senhor não ficou com medo, Tio Dudley?” - “Não, não cheguei a ter medo. Sabe, eu não larguei todo o meu peso no banco do avião!”
A história acima pode parecer engraçada, mas não é o mesmo que acontece conosco muitas vezes? Dizemos que confiamos em Deus, mas não conseguimos largar todo o peso. Como a história do homem que se arrastava ao longo de uma estradinha carregando um pesado fardo às costas. Um fazendeiro passou por ele de carroça e ofereceu-lhe carona. O andarilho aceitou. Depois de algum tempo, o fazendeiro observou que o homem havia erguido o seu fardo. Quando o fazendeiro insistiu para que ele o colocasse no chão da carroça, o homem teria respondido: “Não creio que o pobre cavalo aguente sozinho”.
Pedro diz com sabedoria: “Entreguem todas as suas preocupações a Deus, pois ele cuida de vocês” (1Pe 5.7 NTLH). Aquele que sempre cuidou de nós vai também nos amparar no momento mais difícil e complicado. Confie, dependa, entregue todo peso a Deus. Ele dará alívio, firmeza e paz. 


Mais do que preocupar, é preciso entregar.