domingo, 19 de novembro de 2017

Para a glória

João 7.14-18

“Como podeis crer, vós os que aceitais glória uns dos outros e, contudo, não procurais a glória que vem do Deus único?” (Jo 5.44).

Acredito que você já ouviu alguém ensinar que o fim principal do homem é glorificar a Deus. Mas qual é a principal finalidade de Deus? Podemos pensar que o propósito principal de Deus é nos salvar, nos amar. Mas, na realidade, o fim principal de Deus é glorificar-se a si mesmo. Jonathan Edwards disse: “A grande finalidade das obras de Deus, expressas na Bíblia de modo diverso, é, de fato, apenas uma; e essa finalidade única é mais apropriada e compreensivelmente chamada de A Glória de Deus”. 
Podemos encontrar muitos textos nas escrituras que demonstram o cuidado de Deus por sua própria glória. Aprendemos que Deus nos escolheu, nos chamou, nos salvou para louvor da glória de sua graça (Ef 1). Deus cuida de nós constantemente, não nos desampara por causa de seu grande nome (1Sm 12.20-22). Deus responde as nossas orações para que seja glorificado (Jo 14.13). Deus nos ensinou que tudo o que fazemos deve ser feito para a sua glória (1Co 10.31). Seu desejo é que a terra se encha do conhecimento de sua glória (Hc 2.14). Em resumo ao que estamos dizendo, encontramos em Romanos 11.36 a seguinte afirmação: “Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém!”
É importante saber que todas as coisas são para a glória de Deus e saber também que a nossa vida faz parte destas coisas. Diante disto, que pensemos menos em nós mesmos e que procuremos dar a Deus toda glória. 


A vida é gloriosa quando vivemos para a glória de Deus.