quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Expectativas básicas

Provérbios 30.5-9

Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes” (1Tm 6.8).

Todos vivemos em busca de satisfação. Desejo e necessidade estão constantemente gritando em nossos ouvidos. Abraham Maslow foi um psicólogo de grande destaque por causa de seu estudo relacionado às necessidades humanas. Segundo ele, o homem é motivado segundo suas necessidades que se manifestam em graus de importância. 1- Necessidades fisiológicas básicas. 2- Necessidade de segurança, como emprego e moradia. 3- Necessidades sociais, afeto, amizade. 4- Necessidade de estima, reconhecimento da nossa capacidade. 5- Auto-realização, prestígio.
Aqui encontramos o velho costume humano de recompensar suas frustrações buscando realização em um nível superior. Dessa forma, quando uma necessidade é suprida aparece outra em seu lugar. Quando as necessidades não são supridas, sobrevêm sentimentos de frustração, nervosismo, insegurança e outros. 
Esta ideia de “escalar” de necessidade a necessidade para atingir a auto-realização pode ser perigosa. O homem deve ser feliz independentemente de suas conquistas. A felicidade que temos não é obtida pelos fatores externos que nos acontecem, mas ela é fruto de nosso relacionamento com Deus. 
Em nosso texto, Agur pede que Deus o afaste da falsidade e da mentira e que lhe dê o pão necessário. Mais do que subir qualquer degrau neste mundo, devemos buscar sempre falar a verdade e viver a justiça. E quanto aos bens, devemos viver uma vida de contentamento. 


Senhor, dá-me o pão que me for necessário.