segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

No tempo

Gálatas 4.1-7

Vindo, porém, a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei.” (Gl 4.4).

O Natal é o cumprimento da promessa de Deus em resgatar o pecador. Nesta data celebramos a fidelidade de Deus em cumprir suas promessas no tempo certo. 
A expressão "Na Plenitude do tempo" indica isso. Jesus nasceu na hora exata em que Deus havia determinado. Deus enviou seu filho nascido de mulher conforme planejou. Por ser filho de Deus podemos crer na divindade de Jesus. Por ser nascido de mulher sabemos que ele era também verdadeiramente homem. 
Deus não se esquece de suas promessas. Deus não atrasa, não tarda nem falha. Deus age no tempo certo. 
Esta data é muito importante para nós, pois, Jesus veio para: resgatar os que estavam sob a lei, a fim de que recebêssemos a adoção de filhos. Nós estávamos afastados de Deus por causa do pecado. Nós não tínhamos esperança pois viver sob a lei é viver sobre a condenação. Ninguém poderia cumprir toda a lei. Sobre estas duas palavras, resgatar e adotar o Rev. Antonio Coine diz o seguinte: “Resgatar significa reaver o que lhe pertencia por direito de Criação. Jesus veio, justamente para nos resgatar da escravidão do pecado. Adotar significa que aquele que era escravo, agora adotado, se torna filho, com direito a toda herança de Deus, em Cristo Jesus.”
Com grande alegria podemos receber esta notícia. Celebramos o que Deus fez por nós e com expectativa aguardamos a sua segunda e gloriosa vinda. 

Deus é bom o tempo todo.