sábado, 3 de março de 2018

Bem e mal

Isaías 5.20-21

Dá, pois, ao teu servo um coração cheio de discernimento para governar o teu povo e capaz de distinguir entre o bem e o mal. Pois, quem pode governar este teu grande povo? (1Rs 3.9)

Alguns publicitários criaram um comercial para a Coca-Cola em 11 de março de 2011. Dizia o seguinte: “Baseado em um estudo sobre o mundo atual. Para cada pessoa dizendo que tudo vai piorar, 100 casais planejam ter filhos. Para cada corrupto, existem 8 mil doadores de sangue. Enquanto alguns destroem o meio ambiente, 98% das latinhas de alumínio já são recicladas no Brasil. Para cada tanque fabricado no mundo, são feitos 131 mil bichos de pelúcia. Na internet a palavra AMOR tem mais resultados que medo. Para cada arma que se vende no mundo, 20 mil pessoas compartilham uma Coca-Cola”. 
Bem e mal sempre estarão presentes no mundo. Podemos escolher fazer o bem e nos alegrar com as coisas boas que estão acontecendo neste exato momento. Ou dar lugar aos maus pensamentos e viver sofrendo com o impacto das notícias ruim. É verdade, existe muita coisa ruim acontecendo. Não podemos simplesmente ignorar. Mas também é verdade que existe muita coisa boa acontecendo agora. A melhor forma de utilizarmos o nosso tempo é dedicando maior parte dele fazendo e pensando nas coisas boas que temos oportunidade de desfrutar em nossa vida. Esta é uma missão aparentemente fácil, mas só conseguiremos isso clamando a Deus como fez Salomão. É preciso pedir a Deus discernimento para saber a diferença entre o bem e o mal. O texto nos exorta: “Ai dos que são sábios aos seus próprios olhos e inteligentes em sua própria opinião”. Lendo o texto do comercial publicitário parece que é muito fácil ver os bons e os maus e que a maioria das pessoas são pessoas boas. A verdade é que vivemos em mundo que, como alertou Isaías, chama o mal de bem e o bem de mal. Se não tivermos discernimento, vamos nos contentar em fazer o que parece bem e não em realmente praticar o bem. 

Sejamos sábios para o bem.