quarta-feira, 7 de março de 2018

Iluminados

Provérbios 4.13-19

Nós, porém, que somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo a couraça da fé e do amor e o capacete da esperança da salvação (1Ts 5.8).

Em nosso texto base a vida é descrita como uma caminhada. A vida do justo é uma caminhada para a luz e a do ímpio, para as trevas. O conselho é que devemos reter e guardar tudo que aprendemos de Deus. Praticar o bem, tomando cuidado para não seguir o caminho dos maus. Não fazer o que eles fazem. “Evita-o; não passes por ele; desvia-te dele e passa de largo” (Pv 4.15). 
Muito interessante e ilustrativa esta comparação da vida do justo com a figura da chegada de um novo dia. Pense naquele dia que você estava viajando ou indo para o trabalho de madrugada e tudo estava escuro. As horas do novo dia foram passando. Aparentemente estava demorando a clarear. Mas, bem devagar, alguns sinais de luz aparecem no céu. E logo começa a clarear. Até que em um lindo momento o sol aparece. O dia perfeito nasceu. Assim é a vereda do justo. Vai brilhando mais e mais até ser como um dia claro. Esta é uma descrição da santificação que ocorre na vida de cada um de nós. Em Efésios 1.4, Paulo diz que Deus nos escolheu antes da fundação do mundo para sermos santos e irrepreensíveis perante ele. É a promessa de que este dia perfeito chegará. A palavra usada para irrepreensível é a palavra vétero-testamentária para um sacrifício imaculado. Este será o nosso estado final de perfeição, mas o processo de santificação começa aqui e agora. 
Já os maus são descritos aqui como pessoas que não conseguem dormir sem antes fazer alguma coisa perversa. “Foge deles o sono, se não fizerem tropeçar alguém” (4.16b). Por isso, na vida deles não existe claridade. Acontece o contrário do que acontece na vida do justo. Quanto mais o tempo passa, a escuridão aumenta. O caminho deles é só escuridão, só mais desejos de pecado, de fazer o mal. Nem sabem mais em que tropeçam. 
Sejamos da luz. Que a luz de Deus venha a nascer e brilhar em nossos corações. 

A cada dia somos aperfeiçoados pela palavra de Deus.