quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Majestade de Deus

Neemias 9.4-6

“Não há ninguém como o Deus de Jesurum, que cavalga os céus para ajudá-lo, e cavalga as nuvens em sua majestade! (Dt 33.26)

No período da Revolução Francesa, emissários daquela cruzada sangrenta saíram perseguindo os cristãos na França. Um desses representantes daquela empreitada ateia chegou a uma vila e abordou um camponês cristão, dizendo-lhe: “Eu vim aqui para rasgar sua Bíblia, queimar o templo da sua igreja e banir da sua mente essa tola ideia de Deus”. O camponês, com a ousadia de um grande homem, respondeu-lhe: “O senhor pode rasgar minha Bíblia e até queimar o templo da minha igreja, mas antes de o senhor banir da minha mente a ideia de Deus, primeiro o senhor terá de apagar as estrelas no firmamento, porque enquanto elas brilharem, anunciar-me-ão a glória de Deus”. 
Deus é criador, Senhor e provedor da vida. Ele está presente e atua na obra da criação. Não há como ofuscar seu brilho. Ninguém pode apagar sua majestade. Ele é o soberano do universo. “Ele está assentado no trono, na sala de comando do universo. Ele é quem dirige a História e governa as nações. Ele é quem levanta reis e destrona reis; levanta reinos e abate reinos. Ele é o dono, proprietário absoluto de todas as coisas. Ele faz todas as coisas conforme o conselho da Sua vontade. Ele está no trono e o Cordeiro está com o livro da História nas mãos” (Hernandes DL). 
Encontramos em Neemias 9.5, os levitas Jesua, Cadmiel, Bani, Hasabnéias, Hodias, Sebanias e Petanías conclamando o povo a adorar a Deus. Eles disseram: “Levantem-se e louvem o Senhor, o seu Deus, que vive para todo o sempre. Bendito seja o teu nome glorioso!” Levantemos todos nós e declaremos que só o Senhor é Deus, o criador e sustentador de todas as coisas. Reconheçamos o seu poder, nos curvemos ao seu senhorio dizendo, como o salmista: “Ó SENHOR, Senhor nosso, quão magnífico em toda a terra é o teu nome! (Sl 8.1). Ergamos nossas vozes, cantemos de alegria a majestade do Senhor (Is 24.14). 

Ó Deus, só tu és o SENHOR!