domingo, 26 de agosto de 2018

Propósito de Deus

1Coríntios 1.28-31

Conscientes disso, oramos constantemente por vocês, para que o nosso Deus os faça dignos da vocação e, com poder, cumpra todo bom propósito e toda obra que procede da fé (2Ts 1.11).

Paramos pouco para pensar no propósito de Deus para a nossa vida. Estamos tão ocupados com nossas atividades que esquecemos de pensar se o que fazemos é realmente da vontade de Deus. O que ocorre a partir daí é que, muitas vezes, sentimos a nossa vida sem graça, sem sabor. Isso porque não andamos conforme os propósitos de Deus. Assim, a nossa caminhada é realmente sem propósito. 
Mesmo diante de todas as atividades que temos, é preciso manter nossos olhos em nosso principal propósito de existência. Devemos fazer todas as nossas tarefas com o propósito de glorificar a Deus. Afinal, esse é o nosso propósito principal. 
Encontramos na Bíblia várias passagens que falam sobre o propósito de Deus, passagens que afirmam quem nós somos e para que existimos. Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz (1Pe 2.9). Em Mateus 5, encontramos a afirmação de que somos a luz do mundo (v.14). Somos luz para que as pessoas vejam as nossas boas obras e glorifiquem ao nosso Pai que está nos céus (v.16). Paulo diz: “Porque Deus nos escolheu nele antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença” (Ef 1.4).
Se olharmos bem, não temos motivo para tristeza. Não devemos viver como se a vida não tivesse razão de ser. A partir do momento que vemos a obra de Deus em nossa vida, passamos a ter prazer até mesmo nas coisas mais corriqueiras. Como diz o hino O Céu com Cristo: “Depois que Cristo me salvou, em céu o mundo se tornou; até no meio do sofrer eu tenho paz no meu viver”. Quem está em Cristo e com Cristo tem paz no coração e alegria na caminhada. 


O propósito de Deus é que eu viva para a sua glória.