sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Siga a Deus

1Reis 18.20-24

Elias dirigiu-se ao povo e disse: “Até quando vocês vão oscilar para um lado e para o outro? Se o Senhor é Deus, sigam-no; mas, se Baal é Deus, sigam-no”. O povo, porém, nada respondeu (1Rs 18.21).

Elias tem um encontro com Acabe. Então manda juntar os profetas de Baal e o povo e passa a questionar sobre o erro que estavam cometendo de servirem a dois senhores. Elias então propõe um acordo. Eles iriam preparar um novilho e colocar sobre a lenha. No lugar de ascender o fogo, iriam clamar cada um ao seu deus. Elias disse: “O deus que responder por meio do fogo, esse é Deus”. Então todo o povo respondeu: “O que você disse é bom” (1Rs 18.24). Os profetas de Baal ficaram por várias horas clamando a Baal e nada aconteceu.  Depois Elias ora ao Senhor e o fogo ascendeu. “Então o fogo do Senhor caiu e queimou completamente o holocausto, a lenha, as pedras e o chão, e também secou totalmente a água na valeta” (1Rs 18.38).
Elias demonstra, através deste desafio, a diferença entre servir a Deus e aos deuses. Os deuses não podem ajudar. Os deuses não podem responder. No momento do aperto, na hora que você realmente estiver em dificuldade, somente o Senhor pode te socorrer. Só o Senhor é Deus. 
Por isso, Elias deixa bem claro que se o Senhor é Deus, é a ele a quem devemos seguir. É certo que servir a dois senhores é aborrecer a Deus. A vida com Deus é infinitamente melhor. Só Deus responde quando clamamos. Nossa opção deve ser servi-lo. “Quem entre os deuses é semelhante a ti, Senhor? Quem é semelhante a ti? Majestoso em santidade, terrível em feitos gloriosos, autor de maravilhas?” (Êxodo 15.11).
Aqueles profetas tiveram um triste fim. Isso mostra que quem tenta desafiar a Deus, além de não conseguir o que busca, provoca a ira do Senhor. “Se violarem a aliança que o Senhor, o seu Deus, lhes ordenou, e passarem a cultuar outros deuses e a inclinar-se diante deles, a ira do Senhor se acenderá contra vocês, e vocês logo desaparecerão da boa terra que ele lhes deu” (Js 23.16).


Só existe um caminho, seguir e servir ao Senhor.