quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Grato por quem sou

Salmo 104.19-26

Veja que o Senhor o escolheu para construir um templo que sirva de santuário. Seja forte e mãos ao trabalho! (1Cr 28.10).

Cada um de nós tem um caminho específico a trilhar na vida. Nesse caminho, Deus faz de nós um instrumento de sua boa vontade. Seja qual for a sua profissão, um hábito muito importante é lembrar de agradecer a Deus por ela, pelo talento que Deus lhe deu, pelas pessoas que você pode ajudar através dela, pela alegria de poder, através de seu trabalho de alguma forma ser um comunicador do evangelho de Cristo. Gioia Júnior, nos dá um exemplo disto em seu poema “Oração do radialista”. Parte deste poema diz o seguinte: “Graças te dou, Senhor, por este microfone, por onde minha voz de esperança e de crença pode chegar a todos e nos mistérios da saúde ou da doença levar consolo para os que se queixam, levar alento para os que se desanimam, levar tranquilidade para os que estão angustiados. Graças te dou, Senhor, por este estúdio que se transforma em púlpito, e em tribuna, em mesa amiga que distribui o pão, sem indagar do amigo qual o seu nome, de onde ele vem, para onde ele vai, em que ele crê, quais seus vícios e suas virtudes, qual seu ânimo e que utilidade tem a sua vida”.
Você já parou hoje para pensar a respeito de seu trabalho? O quanto ele é importante? Independente do status do cargo que você ocupa, o seu trabalho é importante. Se estamos vivos, fazemos parte de um mundo que está em constante movimento. O que fazemos tem uma parte de contribuição. 
No Salmo 104, Deus é exaltado pelo seu esplendor e majestade. Sua grandiosidade é descrita através das obras de suas mãos. Entre estes destaques, está a figura do homem que sai para o seu trabalho, para o seu labor até o entardecer. Devemos ser gratos a Deus pelo privilégio de fazer parte da sua criação e ser um dos motivos pelos quais ele é louvado. 
Que estejamos desempenhando nosso trabalho cada vez melhor e sempre esteja em nosso coração a gratidão e alegria pela profissão que temos. 

A vida de cada pessoa é importante.