terça-feira, 25 de setembro de 2018

Sois salvos

1Coríntios 15.55-58

Por meio deste evangelho vocês são salvos, desde que se apeguem firmemente à palavra que lhes preguei; caso contrário, vocês têm crido em vão (1Co 15.2).

Vocês são salvos! Esta é a afirmação que Paulo faz aos irmãos da igreja de Corinto. Com estas palavras, ele os confirma em sua fé. A fé e salvação deles têm como base o evangelho que ouviram e permaneceram nele. Paulo deixou claro que a salvação era acompanhada da responsabilidade deles em perseverar no evangelho. “Vocês são salvos, desde que se apeguem firmemente à palavra que lhes preguei”. 
A preocupação de Paulo em 1Coríntios 15 é sobre a doutrina da ressurreição. Alguns crentes coríntios, influenciados pelos filósofos gregos, estavam negando a ressurreição do corpo. Ele então vai lembrar-lhes o evangelho que havia pregado. A sua argumentação é baseada na lógica de que se Cristo ressuscitou corporalmente, podemos crer na possibilidade da ressurreição. Os mortos ressuscitam. Cristo foi o primeiro e como ele iremos ressuscitar. Nossa fé e salvação têm como base esta verdade. 
Acreditar em qualquer coisa que venha a contrariar o ensino bíblico é se deixar enganar. É seguir uma mentira. E Paulo então diz: “Não se deixem enganar: As más companhias corrompem os bons costumes” (1Co 15.33). Cuidado com quem você anda. Cuidado com o que esta pessoa pensa e como ela tenta te influenciar com o seu modo de viver. Relembre e guarde o evangelho, conserve-se no caminho verdadeiro. “Mantenham-se firmes, e que nada os abale. Sejam sempre dedicados à obra do Senhor, pois vocês sabem que, no Senhor, o trabalho de vocês não será inútil” (1 Co 15.58). 
Muitos são os ataques ao nosso pensamento, muitos são os contrastes culturais, somos expostos a ensinos diferentes das escrituras. Mesmo assim devemos permanecer firmes e, não só devemos permanecer fiéis, como também devemos pregar a verdade. Influenciar outros através da abundante obra do Senhor é o trabalho de ensinar o evangelho. Um trabalho que não é em vão. 

Uma boa forma de não esquecer a verdade é anunciá-la aos outros.