sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Dia do Senhor

Sofonias 1.1-6

E não há criatura que não seja manifesta na sua presença; pelo contrário, todas as coisas estão descobertas e patentes aos olhos daquele a quem temos de prestar contas (Hb 4.3).

Sofonias foi o último dos profetas menores a escrever antes do exílio. Ele relata um tremendo juízo a ser executado. O próprio Deus está pronto a executar o seu juízo. Esta destruição viria sobre Judá e os habitantes de Jerusalém, bem com filisteus, moabitas, amonitas, etíopes e assírios. Tal denúncia não se baseia na etnia, mas nos pecados que eles cometeram. São chamados de idólatras, infiéis, mentirosos e apóstatas. Sofonias diz: “Cala-te diante do Senhor Deus, porque o Dia do Senhor está perto” (v.7).   
Este anúncio de juízo, como muitos outros na Bíblia, prefigura o dia do Juízo final. Deus julgará a todos e os homens ímpios não poderão escapar da ira do Senhor. Somente estarão livres aqueles cujos pecados foram pagos por Cristo na cruz. Estes serão poupados. 
Mônia Gonçalves diz: “A destruição de Jerusalém e o exílio babilônico foram terríveis manifestações da ira de Deus contra o pecado. Entretanto, um juízo muito mais amplo e profundo está sendo preparado. Sofonias anuncia que Deus se prepara para abalar toda a criação e eliminar completamente a presença do pecado. Haverá novos céus e nova terra onde habitará a justiça. Essa mensagem nos alerta para recorrer a Cristo, o único abrigo possível contra o Dia do Senhor, para vivermos para a sua glória”.
Não é fácil ler uma mensagem como esta. Ficamos incomodados com a ideia de ira de Deus. É mais fácil e mais prazeroso ouvir sobre seu amor. Mas precisamos sim, ouvir, ler e estudar as profecias que falam a respeito do inferno e do juízo. Assim mantemos claro em nossa lembrança que somente a graça de Deus em Cristo pode nos livrar deste terrível destino. Esta mensagem é um alerta para confessarmos os nossos pecados, pedir que Deus nos purifique e nos transforme pela ação do Espírito Santo. 

Cada um de nós prestará contas a Deus.