sábado, 20 de outubro de 2018

Tempo

Efésios 5.15-21

Em Deus nos gloriamos o tempo todo, e louvaremos o teu nome para sempre (Sl 44.8).

Em um comercial de fim de ano do banco Itaú chamado “Eu Sou o Tempo”, Fernanda Montenegro interpreta o próprio “Tempo”, que vem pessoalmente dar um conselho para todos: aproveitar as maravilhas do mundo digital para viver mais e melhor cada momento e não pensar e correr tanto. Realmente, a evolução digital, com a possibilidade de resolver assuntos bancários pelo computador e celular como pagar contas, transferir dinheiro, etc, nos faz economizar bastante tempo. 
O texto do comercial foi escrito por Everton Behenck e Nizan Guanaes. É muito bonito e tem uma interessante conclusão: “O segredo do tempo não está nas horas que passam. Está nos momentos que ficam. Porque são eles que vão contar a sua história”. Não podemos parar o tempo, mas o que fazemos, deixam marcas no tempo. Decisões e ações importantes que irão fazer parte de nossa história. 
Alguns vivem desperdiçando tempo, ocupando-o com distrações vazias, ou apenas ficam parados olhando para o tempo. Preferem ver a banda passar do que tocar na banda. Falta ação, emoção, alegria para agir no tempo. Outros vivem ocupados, com agenda cheia. Envolvidos em muitas atividades, correm de um lado para o outro, mas parece que não chegam a lugar nenhum.  
É preciso ter equilíbrio para melhor usar o tempo. Equilíbrio entre o tempo gasto com coisas e pessoas, com o descanso e o trabalho, consigo mesmo e com os outros. É preciso dar prioridade para o que é mais importante. Utilizar o tempo com o que é edificante e não com o que é fútil. 
O segredo do tempo está nos momentos que ficam. E só existe uma forma para que estes momentos que ficam sejam bons. É vive-los buscando entender a vontade de Deus. Ser bom administrador do tempo inclui compreender e fazer a vontade de Deus. Efésios 5.17 (NTLH) diz: “Não ajam como pessoas sem juízo, mas procure entender o que o Senhor quer que vocês façam”.

No tempo, deixe marcas de conquistas e não borrões de más ações.