quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Fazer bem o bem


Provérbios 3.27-30

Aprendam a fazer o bem! Busquem a justiça, acabem com a opressão (Is 1.17).

Um supermercado fez a seguinte promoção: se, ao passar suas mercadorias, o cliente não recebesse do caixa um cumprimento e um agradecimento ao final da compra, não precisaria pagar por ela. Certo dia, um cliente passou as mercadorias pelo caixa, mas não recebeu nem o cumprimento nem o agradecimento do funcionário. O cliente, então, disse que não iria pagar as compras, como garantia a promoção. E o caixa explicou: — Ah, meu senhor, a promoção foi só até ontem...
Que promoção mais estranha. Todos os funcionários devem atender bem e cumprimentar seus clientes. Não é preciso uma campanha para isso acontecer. Isto ilustra muito bem como muitas pessoas estão dispostas a fazer certas coisas somente por obrigação e não de forma espontânea. Devemos ter prazer em servir, em ajudar ao próximo, tratar bem as pessoas. 
O texto de Provérbios 3.27 diz: “Quanto lhe for possível, não deixe de fazer o bem a quem dele precisa”. Fazer o bem ao próximo deve ser um dos valores de nossa vida. É mandamento de Deus amar nosso próximo como a nós mesmos. Infelizmente muitos têm invertido este texto. No lugar de fazer o bem, pensam assim: “Quando for possível, não deixe de se aproveitar do outro”.  
A Bíblia diz que nós devemos aprender a fazer o bem. É preciso entender que só aprendemos a fazer alguma coisa fazendo. É na prática do bem que vamos nos exercitar e assim aprender a fazer bem o bem. Não o bem interesseiro, como de uma empresa que te dá um cupom de R$10,00 para cada R$200,00 que você gasta. Vamos aprender a fazer um bem que não visa lucro. Um bem de verdade. Um bem que pode até levar a uma aparente perda ou sofrimento, mas que trará grande recompensa. Como disse Pedro: “É melhor sofrer por fazer o bem, se for da vontade de Deus, do que por fazer o mal” (1Pe 3.17). Que não nos cansemos de fazer o bem, pois, como disse Paulo, se não desanimarmos, no tempo próprio colheremos frutos (Gl 6.9).

Fazer o bem é a melhor forma de se afastar do mal.