sábado, 24 de novembro de 2018

Infinitamente mais

Efésios 3.14-21

Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós (Ef 3.20).

Paulo ora pedindo que os Efésios fossem fortalecidos com o poder da habitação do Espírito Santo. “Sejais fortalecidos com poder” (3.16). Fortalecidos principalmente para que pudessem amar uns aos outros de forma intensa (3.17).
Paulo ora também para que pudessem compreender o amor de Cristo em sua plenas suas dimensões. “O amor de Cristo é suficientemente largo para abranger a totalidade das humanidade (especialmente os judeus e os gentios, o tema destes capítulos). Suficientemente comprido para durar por toda a eternidade. Suficientemente profundo para alcançar o pecador mais degradado. Suficientemente alto para levá-lo ao céu” (John Stott). 
“Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós” (Ef 3.20 RA). John Stott, em seu comentário do livro de Efésios, faz sete afirmações sobre este versículo. 1- Ele é poderoso para fazer ou para operar, ele não está ocioso, nem inativo, nem morto. 2- Ele é poderoso para fazer o que pedimos, pois escuta a oração e responde. 3- Ele é poderoso para fazer o que pedimos ou pensamos, pois lê os nossos pensamentos; às vezes imaginamos coisas que não ousamos pedir e então deixamos de pedi-las. 4- Ele é poderoso para fazer tudo aquilo que pedimos ou pensamos, porque sabe de tudo e tudo pode realizar. 5- Ele é poderoso para fazer mais do que (hyper - “além”) tudo quanto pedimos, ou pensamos, pois suas expectativas são mais altas do que as nossas. 6- Ele é poderoso para fazer muito mais, ou mais abundantemente, do que tudo quanto pedimos ou pensamos, porque a sua graça não é dada por medidas racionais. 7- Ele é poderoso para fazer muitíssimo mais, infinitamente mais, do que tudo quanto pedimos ou pensamos, pois é um Deus de superabundância. Não há limites naquilo que Deus pode fazer.


Este é o poder que opera em nós.