sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Nas mãos do artista


2Timóteo 2.20-21

Mas o vaso de barro que ele estava formando estragou-se em suas mãos; e ele o refez, moldando outro vaso de acordo com a sua vontade (Jr 18.4).

Alice quebrou um dos seus objetos mais queridos, um vaso antigo, que pertencera à sua bisavó. Chorou desconsoladamente sobre os pedaços partidos; entretanto, guardou cuidadosamente todas as peças. Mais tarde, falou à sua tia sobre o que ocorrera, e mostrou-lhe, pesarosa, os fragmentos. “Conheço um emendador especialista de vidros e porcelana”, disse-lhe sua tia. “Deixa-me levar os pedaços a ele”. Alice consentiu logo. Durante várias semanas não houve notícia alguma. Porém, um certo dia, chegou o vaso. Alice suspirou, maravilhada; o especialista trabalhara com tal perícia, que Alice dificilmente podia perceber onde fora quebrado o objeto. 
Existem pessoas que estão como este vaso, totalmente perdidas. Quebradas de tal forma que aparentemente não há nenhuma possibilidade de conserto. O vaso de Alice pôde ser restaurado nas mãos do artista. O homem perdido, quebrado e morto em seus pecados pode ser recriado, restaurado, feito novo, nas mãos de Deus. Deus é rico em sua misericórdia, com seu amor nos dá nova vida. 
Nossas faltas podem marcar negativamente nossa vida. Podemos ser desprezados, vistos como alguém perdido. Nós mesmos podemos pensar desta forma, desanimados ao olhar para nossa situação em cacos. Mas devemos, no lugar de ficar olhando para os cacos, lembrar do artista, de Deus nosso restaurador. Se Deus já mudou a vida de tanta gente que estava até mais quebrada que a nossa, ele pode nos restaurar. Deus não apenas nos restaura à antiga posição, mas nos fará muito melhores. Ele mudará completamente a nossa vida e nos fará feliz. Com Deus ficamos mais bonitos. Com Cristo temos valor incomparável. De um vaso estragado Deus molda um novo vaso de acordo com a sua vontade. Deus é soberano e molda nossa vida como ele quer. Que sejamos um vaso de honra, útil a Deus, nosso possuidor. 

Para vidas quebradas, a solução é o artista divino.