quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Oração sincera


Salmo 66.17-20

O Senhor detesta o sacrifício dos ímpios, mas a oração do justo o agrada (Pv. 15.8).

Sinceridade é uma necessidade de qualquer conversa. Deve estar presente principalmente em nossa conversa com Deus através da oração. Como podemos ser ouvidos ou atendidos se nossa oração não partir de um derramar sincero de nossa alma diante de Deus? Davi disse: “Deus me tem ouvido e me tem atendido a voz da oração” (Sl 66.19 RA). Mas pouco antes ele disse: “Se eu no coração contemplara a vaidade, o Senhor não me teria ouvido” (Sl 66.18 RA). Davi tinha convicção de que, se no lugar da sinceridade, ele tivesse dado espaço a sua vaidade e pecado, sua oração não seria ouvida, não teria significado. “Se eu acalentasse o pecado no coração, o Senhor não me ouviria (Sl 66.18 NVI).
John Bunyan disse o seguinte: “A sinceridade é parte da oração, porque sem ela Deus não a considera como tal”. “E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração” (Jr 29.13). Por que a sinceridade deve ser um dos elementos essenciais da oração que Deus aceita? John Bunyan responde esta questão dizendo: “Porque a sinceridade induz a alma a abrir o coração perante Deus com toda simplicidade para apresentar o caso claramente, de forma inequívoca, reconhecer a culpa sem falsidade, a clamar a Deus desde o mais profundo de seu coração, sem palavras vazias e artificiais”. 
Um oração que não parte de sinceridade pode até impressionar as pessoas que estão por perto ouvindo, mas Deus não tem nenhum prazer nesta oração. Quem busca orar de forma sincera agrada a Deus, mesmo que suas palavras não sejam tão requintadas de conhecimento. 
A oração sincera é simples e objetiva como a oração de Neemias: “Senhor, que os teus ouvidos estejam atentos à oração deste teu servo e à oração dos teus servos que têm prazer em temer o teu nome. Faze com que hoje este teu servo seja bem-sucedido, concedendo-lhe a benevolência deste homem” (Ne 1.11).

Orar é importante, orar com sinceridade é primordial.