domingo, 23 de dezembro de 2018

Anunciando o Natal


Gálatas 4.3-6

Mas o anjo lhes disse: Não tenham medo. Estou lhes trazendo boas novas de grande alegria, que são para todo o povo (Lc 2.10).

Natal é principalmente tempo de anunciar o nascimento do Salvador às pessoas que vivem sem conhecer a Deus. Paulo diz em Gálatas 4 que éramos meninos em escravidão sob os rudimentos do mundo, até que veio a plenitude dos tempos quando Deus enviou o seu filho, nascido de mulher, “para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de receberem a adoção de filhos”. Ele diz que em Jesus nos tornamos filhos de Deus e herdeiros de Deus. 
Esta é a grande mensagem que devemos anunciar. No nascimento de Jesus, Deus estabelece uma união conosco. Por seu grande amor, ele se converteu numa só carne conosco. Ele é um com todos os que têm crido em Seu nome. 
Vivemos em um mundo em desespero, todos estão carentes de uma boa notícia. E nós temos o que falar para estas pessoas. Podemos contar o que foi anunciado pelo anjo: “vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor” (Lc 2.11). Anunciar o nascimento de Jesus é anunciar “novas de grande alegria”. Uma alegria maior, santa, incomparável. Os prazeres da terra são pequenos, seu júbilo é passageiro e insignificante comparado à alegria dos céus. 
Hoje encontramos muitas pessoas ávidas por divulgar más notícias, que só acrescentam mais tristeza às decepções já presentes. É tempo de ouvir, meditar nas coisas boas. É tempo de transmitir estas coisas maravilhosas, de anunciar o que conhecemos de melhor, o que ouvimos e aprendemos, o que encheu nosso coração de alegria. Anunciar esta boa notícia foi o propósito da vida de João Batista. Ele foi chamado “para dar ao povo o conhecimento da salvação, mediante o perdão dos seus pecados, por causa das ternas misericórdias de nosso Deus” (Lc 1.77-78a). Lucas diz que Jesus veio para brilhar sobre aqueles que estão vivendo nas trevas e na sombra da morte, e guiar nossos pés no caminho da paz. É esta a mensagem que devemos transmitir  . 

Que alegria temos, nasceu o Salvador!