sábado, 15 de dezembro de 2018

Eu, filho de Deus?


Romanos 10.9-20 

Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus (Jo 1.12).

“Eu também sou filho de Deus!” Esta expressão é comumente usada por pessoas que em determinada situação querem dizer que têm direitos, que merecem uma oportunidade como qualquer outro. Direito de receber um presente, um emprego ou um agrado qualquer.
Mas o que é realmente ser filho de Deus? Ser filho de Deus é estar salvo do poder da morte e ter recebido o dom da vida eterna. No passado, muitos entendiam que para ser filho de Deus era necessário ser judeu. O verdadeiro filho de Deus seria aquele que fosse descendente de Abraão, da linhagem natural de Israel. A história bíblica mostra, porém, que os filhos de Deus são os separados e escolhidos por Deus – não apenas os que nasceram em certo povo. A promessa de Deus era que haveria um povo separado, o que não quer dizer que seriam todas as pessoas nascidas da descendência de Abraão. 
*Quem são então os verdadeiros filhos de Deus? Joel 2.32 diz: “Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”, não todos os descendentes de Abraão, nem todos os que conhecem a lei e a seguem com rigor, mas todos os que invocam o nome do Senhor. A condição de filho de Deus requer que se ouça a informação que recebemos nos ensinos bíblicos para que despertem a fé. O filho de Deus crê pela fé em seu coração que Jesus ressuscitou dos mortos e confessa com sua boca que Jesus é Senhor – é um coração consciente que se expressa por uma confissão nos lábios. 
Deus não escolhe como filhos pessoas superdotadas e especiais conforme a visão humana. Ele escolhe aqueles que, apesar de suas falhas, são abraçados pelo seu amor. 
Seja você quem for, e mesmo que se encontre afastado de Deus neste momento, poderá dizer: Eu também sou filho de Deus. Pode invocá-lo, pois ele está à sua espera. Ele abençoa ricamente todos os que o invocam. Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo (Jl 2.32a). 

Volte para os braços do Pai.