quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Guiado no caminho


Provérbios 2.7-15

O bom senso o guardará, e o discernimento o protegerá (Pv 2.11).

Como saber o caminho? Podemos aprender com a seguinte ilustração sobre a segurança que devemos ter em tomar decisões e andar no rumo certo. Um mestre e seu discípulo estavam caminhando floresta a dentro, colheram alguns frutos e beberam água. Já era noite e a mata repousava sob imensa escuridão. Após satisfazerem a fome e a sede, tomaram o rumo de volta. Andaram bastante e, na metade do caminho, o mestre ordenou que seu discípulo os guiasse. O jovem argumentou que era impossível, pois, além de mal conhecer o lugar, faltava-lhes luz. Como se orientaria naquele breu? O mestre insistiu, porém, e o discípulo obedeceu. Depois de quase uma hora de tentativas inúteis, contudo, desistiu: não conseguia achar o caminho. O mestre, então, retomou a dianteira e o guiou até a caverna. Ao chegarem, o discípulo quis saber por que o mestre pedira que o levasse para casa, depois de já trilhada boa parte do percurso. O mestre assim explicou: — Eu apenas queria lhe mostrar algo muito importante. Você não percebeu, mas, até a metade do caminho, estava andando na minha frente, guiando-nos corretamente. Você não sabia que nos orientava. Apenas seguia seu instinto e voltava na direção certa. Quando lhe passei a responsabilidade, determinando que nos guiasse, você não teve coragem de seguir seu instinto e se perdeu na floresta. Ouça sua voz interior, pois ela o guiará sempre à direção certa. 
Nossa firmeza vem das palavras de sabedoria que guardamos em nosso coração. É Deus quem nos faz discernir qual é o melhor caminho. Toda insegurança se dissipa quando ouvimos a voz interior do Espírito Santo de Deus a nos guiar. “Pois o Senhor é quem dá sabedoria; de sua boca procedem o conhecimento e o discernimento” (Pv 2.6). 
Salomão diz que devemos buscar esta sabedoria de Deus como quem busca prata e ouro. Ou seja, devemos nos empenhar em conhecer os caminhos de Deus. Desta forma tomaremos decisões firmes e sábias. 

Incline o coração para o conhecimento de Deus.