terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Muitas graças


2Pedro 3.14-18

Cresçam, porém, na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, agora e para sempre! Amém (2Pe 3.18).

Enquanto aguardamos o maravilhoso dia em que estaremos juntos com o Senhor no céu, Paulo diz que devemos tomar cuidado para não sermos levados pelo erro de pessoas imorais. Devemos viver buscando crescer na graça e no conhecimento de Deus. Da mesma forma que uma criança quando nasce inicia em sua vida um processo de crescimento, quem está vivo para Deus deve crescer na graça e no conhecimento de Deus. Esta é a principal ocupação do Cristão, é o que dá propósito à sua vida. 
Para crescermos na graça e no conhecimento de Deus devemos nos aproximar de Deus e buscá-lo de coração. Esta aproximação de Deus acontece quando vivemos em ações de graças. Quando em nossa vida damos glória a Deus em todo o tempo e não apenas em alguns momentos. Quando a ele damos glória agora como daremos glória para sempre. 
Alguém pode achar que viver para agradar a Deus e renunciar a própria vontade é uma perda. Mas tenha certeza de que quem vive para glorificar a Deus de forma alguma está desperdiçando seu tempo. Charles Spurgeon disse em um de seus sermões: “O louvor nunca é inoportuno, e interromper qualquer atividade com o objetivo de louvar e engrandecer nosso Deus, não constitui nenhuma interrupção. A ele seja a glória agora - Não posterguem o dia de Seu triunfo; não posterguem a hora de Sua coroação. Seja a Deus a Glória para sempre – Tempo, você ficará velho e morrerá! Eternidade, seus anos incontáveis apressarão seu curso eterno! Porém, para sempre, para sempre, para sempre a ele seja a glória.”
Pense nisso. Nosso chamado é para dar sempre muitas graças a Deus. Nossa alegria é saber que nunca cessaremos de render nosso louvor a ele. A isso tudo que você leu, diga: “Amém” - Senhor, que assim seja, isto é o desejo do nosso coração.

Adoremos ao criador de todas as coisas