sábado, 16 de fevereiro de 2019

Confiar


Leitura Bíblica: Deuteronômio 33.25-29

Deus é a minha salvação; terei confiança e não temerei. O Senhor, sim, o Senhor é a minha força e o meu cântico; ele é a minha salvação! (Is 12.2)

Um missionário estava traduzindo o Novo Testamento para um dialeto da China Ocidental. Tinha certa dificuldade de encontrar uma palavra que traduzisse bem o significado de “Consolador”. Mas, um dia, um crente chinês disse ao missionário: “Um vizinho meu morreu. Vou fazer uma visita de consolação à esposa dele”. E a expressão que o chinês usou, traduzida literalmente, é a seguinte: “Vou ajudá-la a dobrar a esquina”. Assim o tradutor arranjou a palavra necessária. Consolador é aquele que nos ajuda a passar pelas esquinas difíceis da vida. 
Podemos ter uma vida de paz. Basta lembrar que temos o Espírito Santo de Deus que caminha conosco. Ele é o nosso consolador. Podemos confiar. A força do Senhor está sempre conosco. Estamos seguros nos braços do eterno. Não há nada e ninguém como Deus, que se aproxima com poder para ajudar. “Sejam de ferro e bronze as trancas das suas portas, e dure a sua força como os seus dias” (Dt 33.25). A promessa é que com o auxílio de Deus a nossa força será sempre renovada.  
Moody costumava dizer: “Pode-se viajar de primeira ou de segunda classe deste mundo para o céu. A segunda classe é: ‘No dia que eu temer, hei de confiar em ti’ (Sl 56.3); mas a primeira classe é: ‘Eu confiarei e não temerei’”. Se podemos viajar de primeira classe não devemos desprezar isso. Para isto, em lugar de olhar para os nossos medos e temer é preciso olhar para Deus e confiar. Podemos afirmar com convicção: Deus é minha força, confiarei. Embora as dificuldades e o sofrimento nos façam algumas visitas de vez em quando, devemos confiar e dedicar nossa vida ao fiel criador praticando o bem. Nas esquinas difíceis da vida teremos sempre o auxílio do Senhor. Ele endireitará as curvas. Iluminará o nosso caminho. Ele dá sabor à vida, faz alegre o nosso coração. 

Deus tem compaixão de nós.