segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Trazer a Bíblia à vida


Leitura Bíblica: Salmo 4

Ao Senhor clamo em alta voz, e do seu santo monte ele me responde (Sl 3.4).

Alguns carros têm um sistema de aviso de problemas no veículo por códigos que aparecem no painel. Quando você está dirigindo e aparece um número, significa que algo está errado. Cada código de alerta representa um problema diferente que pode ser visto no manual. Acredito que ninguém que está viajando e vê um número diferente aparecendo no painel do veículo não recorre rapidamente ao manual para saber o que está acontecendo. O motorista não vai ficar tranquilo até descobrir qual problema o sistema está avisando. 
Na vida, alguns problemas acontecem e alguns sinais nos mostram que algo está errado. Será que recorremos à Bíblia, nosso grande manual? Muitas vezes ficamos nervosos, desanimados e amedrontados, como alguém que tem um problema com o carro em uma viajem. Mas não buscamos entender o que está acontecendo, nem agimos para corrigir o problema. 
Paul David Tripp disse: “Eu tenho ficado muito impressionado ao longo dos anos em como a Bíblia é funcionalmente deixada de lado na vida de pessoas que estão sofrendo. Todas essas pessoas são crentes comprometidos com a Palavra de Deus e não negaram a sua fé na veracidade das Escrituras. Mas em momentos de sofrimento pessoal, dificuldade e crise, a Bíblia de repente se torna funcionalmente irrelevante”.
Ele fala que em meio aos problemas devemos trazer a Bíblia à vida. “Transpor esse buraco que frequentemente existe entre a Bíblia e a vida do dia a dia. Esse fosso é particularmente evidente em tempos de problemas pessoais”. 
A comunhão com Deus é o que vai nos fortalecer nos momentos de dificuldade. A oração incessante é primordial. Insistir, buscar a resposta, manter firme a fé é o que precisamos para enfrentar os problemas. Diante do sofrimento, a Bíblia pode nos confortar e apontar o caminho a seguir. O importante é trazer a Bíblia à vida, consultar o manual do criador. 

Recorra ao manual da vida.