quarta-feira, 26 de junho de 2019

Aparência divina


Leitura Bíblica: 1João 3.1-3

Criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou (Gn 1.27).

Certo pastor de uma igreja do interior, ao receber um pedido de ajuda, solicitou a um membro de sua igreja que fosse buscar uma senhora num sítio vizinho e a trouxesse até o hospital, pois ela estava passando muito mal. O irmão, reclamando, disse: “Logo a mim, que estou descansando sossegado em minha casa, o senhor faz este pedido?” Diante da insistência do pastor, acabou indo. Lá no sítio, aquela jovem senhora orava a Deus e confiante já agradecia a ajuda que, com certeza, receberia. Ao filhinho de quatro anos, tristonho por ver a mamãe doente, ela dizia: “Não fique triste, meu filho, Deus vai nos socorrer. Irei ao médico e logo ficarei boa”. O enviado do pastor chegou. A mulher, com muitas dores, deitou no banco traseiro do carro e o garotinho se acomodou na frente. No caminho, o menino ficava olhando para o motorista, admirando-o, quando este olhou para ele e sorriu para confortá-lo. Aproveitando a oportunidade, o garotinho disse: “Quando eu crescer quero ser igual ao senhor”. “Por quê?” indagou o motorista. Ao que o menino respondeu com outra pergunta: “Você não é Deus?” E continuou: “é que a mamãe disse que Deus viria em nosso socorro... e logo você chegou!” Preocupado, o motorista disse: “Quem dera eu tivesse pelo menos a aparência divina!” Ao informar ao pastor do cumprimento da missão, aquele senhor agradeceu-o pela oportunidade que lhe foi dada de ser útil a alguém, por uma criança sentir o desejo de ser como ele e por vê-lo com aparência divina.   
Perdemos muitas oportunidades de testemunhar nossa fé, de realizar ações que nos fazem mais parecidos com Jesus. Todos os dias temos o privilégio de exercitar o que aprendemos com Deus e realizar a sua vontade. Quando nos dispomos a servir a Deus, nos tornamos seus mensageiros, nos aproximamos da imagem e semelhança de Deus, a qual fomos criados. Imagem que foi deformada pelo pecado. 

Fazer o bem nos torna parecidos com Deus.