domingo, 30 de junho de 2019

Ponto preto


Leitura Bíblica: Salmo 27.4-6

Ele ama a justiça e a retidão; a terra está cheia da bondade do Senhor (Sl 33.5).

Certo dia, um professor entrou na sala de aula e disse aos alunos para se prepararem para uma prova relâmpago. O professor, então, entregou a folha com a prova virada para baixo, como era de costume. Quando puderam ver, para surpresa de todos, não havia uma só pergunta ou texto, apenas um ponto negro no meio da folha. O professor, analisando a expressão surpresa de todos, disse: - Agora vocês vão escrever um texto sobre o que estão vendo. Todos os alunos, confusos, começaram a difícil tarefa. Terminado o tempo, o professor recolheu as folhas, colocou-se na frente da turma e começou a ler as redações em voz alta. Todas, sem exceção, definiram o ponto negro tentando dar explicações para sua presença no centro da folha. Então o professor disse: - Esse teste não será para nota, apenas serve de aprendizado para todos nós. Ninguém falou sobre a folha em branco. Todos centralizaram suas atenções no ponto negro. Assim acontece em nossas vidas. Temos uma folha em branco inteira para observar, aproveitar, mas sempre nos centralizamos nos pontos negros.
Este é um assunto recorrente. Sabemos que nossa atenção não deve e não pode ser apenas para os problemas. Se nosso foco estiver no que não é bom, podemos perder a visão do todo e não enxergar as coisas boas. Para que a nossa visão da vida seja correta precisamos tomar cuidado com esta prioridade exagerada ao mau gosto. Agir assim demonstra ingratidão diante de tantas coisas boas que temos na vida. Viver destacando as coisas feias é uma atitude de amargura. 
No Salmo 27, Davi faz um pedido, ele diz: “Que eu possa morar na casa do Senhor”. O seu pedido é que ele possa viver em comunhão constante com Deus. Ele sabe que a união com Deus o fará enxergar as coisas boas de Deus. Este deve ser o nosso compromisso. Buscar na presença de Deus uma visão real, total, que vê os problemas, mas também as bênçãos.  

Viva melhor tendo a visão ampliada por Deus.