segunda-feira, 15 de julho de 2019

Acalma primeiro


Leitura Bíblica: Provérbios 15.13-18

O falar amável é árvore de vida (Pv 15.4a).

Como conseguir resolver conflitos, saber o que dizer e quando dizer? Como saber ainda se você deve argumentar ou se já é hora de mudar de assunto? Em dias de tanta agressividade, como ser diferente? Esta e outras perguntas estavam na mente de um jovem que resolveu pedir ajuda a um amigo mais experiente. Ele perguntou: Qual primeiro passo devo dar? Seu amigo, de forma inusitada, o levou até um pequeno poço e pediu que ele olhasse seu reflexo na água. O homem obedeceu, mas o seu amigo começou a jogar pedrinhas na água, fazendo com que a superfície se movesse. - Não poderei ver direito o meu rosto, enquanto você jogar pedras, disse o homem. - Assim como é impossível para um homem ver seu rosto em águas turbulentas, também é impossível resolver conflitos se a mente estiver ansiosa, disse o amigo. - Este é o primeiro passo.
Na maioria das vezes, a maior dificuldade de se resolver conflitos é a falta de paz, de paciência, de espera, a falta do desejo de buscar um comum acordo. Muitos acreditam que podem resolver conflitos com gritos, pela força. E é exatamente o contrário. Se nós realmente queremos resolver atritos, precisamos dar o primeiro passo. Acalmar a água. Diminuir a pulsação, deixar a ansiedade e o nervosismo. Com calma sabemos melhor o que dizer, como argumentar de forma a ser melhor compreendido. Quando alguém vem com agressividade e respondemos com calma, desarmamos nosso opositor. Mas se retrucamos com mais força arrumamos um inimigo e começamos uma briga. É isso que nos ensina Provérbios: “A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira” (Pv 15.1). 
Esta paz com os homens só é possível se buscamos a paz com Deus. Quando nos sujeitamos a Deus, quando reconhecemos nosso pecado e buscamos o perdão temos paz com Deus e conseguimos ter paz em nossa vida. É agindo a partir desta paz interna que conseguimos lidar com os conflitos externos. 

Deus nos acalma para que tenhamos calma.