sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Os gravetos


Leitura Bíblica: 2 Tessalonicenses 3.13-18

Esforço-me para que eles sejam fortalecidos em seu coração, estejam unidos em amor e alcancem toda a riqueza do pleno entendimento, a fim de conhecerem plenamente o mistério de Deus, a saber, Cristo (Cl 2.2).

Um homem tinha muitos filhos que viviam brigando. Não havia meio de conseguir harmonia na família. Um dia, ele pegou um feixe de gravetos e pediu que cada um o quebrasse com o joelho. Todos tentaram e não conseguiram. Ele então desfez o feixe e deu os gravetos um por um. Ninguém teve dificuldade em quebrar todos os gravetos. - Olhem só: se vocês se unirem não há inimigo que os possa vencer. Brigando sempre e ficando separados, só podem perder.
Devemos buscar a união e a amizade. Precisamos demonstrar amor em nossos relacionamentos. É preciso tratar bem todas as pessoas, tanto as que são mais próximas de nós como nossos amigos e familiares, como também as pessoas com quem temos pouco contato. Algo interessante acontece. Parece que quanto mais próximos somos de alguém, mais sentimos liberdade para brigar e tratar mal. Como no exemplo acima, algumas famílias permitem uma liberdade perigosa. A liberdade do desrespeito, da falta de consideração e amor. 
A comparação dos gravetos quebrados serve muito bem para ilustrar o perigo de vivermos em constantes discussões. Além de estarmos desrespeitando o mandamento bíblico que nos ensina que devemos amar o nosso próximo, estamos nos afastando uns dos outros e com isso ficamos enfraquecidos, vulneráveis a ataques. Somos o graveto sozinho que pode ser facilmente quebrado. 
Que nossa alegria seja servir as pessoas, compartilhar, ajudar, caminhar com quem Deus nos deu oportunidade de viver bem pertinho. Fazendo assim, nossos dias se encherão de força e alegria. Sempre encontraremos pessoas para ajudar, não para criticar. No lugar de vivermos em solidão, teremos muitas pessoas ao nosso lado. A força do amor e do bem é capaz de superar qualquer adversidade, dor e oposição. 

A união faz a força.