sábado, 28 de setembro de 2019

Cocada preta


Leitura Bíblica: Jeremias 9.23-24

Digo aos soberbos: não sejais arrogantes; e aos ímpios: não levanteis a vossa força (Sl 75.4).

Você conhece a expressão “rei da cocada preta”? sabe de onde surgiu? Bruno Dias Santos, repórter da revista Superinteressante explica que quando a família real portuguesa veio morar no Brasil, em 1808, o rei Dom João VI, tinha o privilégio de comer as primeiras cocadas pretas (as mais fresquinha e cobiçadas) e só depois os nobres podiam servir-se. Os brasileiros passaram a usar a frase para debochar de pessoas arrogantes que se sobrepõem aos outros, como se fosse um rei ou rainha.
Infelizmente têm muito rei e rainha da cocada preta por aí. Pessoas que acreditam ser melhores do que os outros. Pessoas que querem ser os primeiros a ser atendidos e notados. Se cercam de outras pessoas que consideram importantes e não ligam para os mais humildes.
Precisamos tomar cuidado para não nos tornarmos esse tipo de pessoa. Somos tentados a isso a todo instante. Vivemos em um mundo que respira soberba. Um mundo que sobrevive de aparências. Mas não devemos ceder a esta tentação. Nossa glória não vem deste mundo. Nossa glória está em conhecer a Deus. Nossa alegria não está em um cargo que ocupamos ou em ter mais dinheiro que outros. Nossa paz está em conhecer Jesus. Em ter o nome escrito no livro da vida. “Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem o forte, na sua força, nem o rico, nas suas riquezas; mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o SENHOR e faço misericórdia, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado” (Jr 9.23-24 - NVI). Sejamos servos de Deus. Lembremo-nos de que os humildes serão exaltados, estes herdarão o reino dos céus. Já os arrogantes, serão dispersos. Sua glória se esvaziará como palha ao vento. É melhor o pouco acompanhado do temor de Deus do que a honra da soberba e da vaidade, que é cheia de inquietações. Grande é quem tem Deus como seu Senhor. 

Tema a Deus, humilhe-se diante dele.