domingo, 1 de setembro de 2019

Juntando os cacos


Leitura Bíblica: 1João 1.5-10

Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável (Sl 51.10)

Li uma história muito comovente que foi compartilhada em uma rede social que dizia: “Estava andando no supermercado hoje e de repente ouvi um barulho de coisa quebrando. Cruzei o supermercado e notei que haviam alguns funcionários cochichando. Quando entrei no corredor para onde olhavam, vi uma cena triste. A repositora tinha batido o carrinho na gôndola de pratos e copos. Ela, ajoelhada, em desespero juntando os cacos, enquanto seu colega pegava cada código de barra de cada louça quebrada, dizendo: - Viu? viu? Agora a conta disso vai sobrar para você.” Cena triste! Alguém que errou, com aquele show de olhares em cima. Quando me aproximei, um rapaz veio, se ajoelhou ao lado dela e disse: - “Deixa aí, que a gente limpa. Pede para o bombeiro ver esse corte na sua mão.” Ela olhou para ele, com uma feição envergonhada e disse: - “Não! Eu tenho que juntar isso pra pagar.” Aquele rapaz apenas disse: - “Fique tranquila! Temos seguro para esse tipo de perda e você não tem que pagar nada. Segue, vai!” O rapaz, quando levantou, pude notar que ele tinha a identificação de gerente do supermercado.
Já está pago! Que alívio, que segurança. Imagine a tristeza daquela mulher sendo instantaneamente tirada. Já está pago! É o que Jesus diz para cada um de nós. Deus perdoa os nossos pecados, nos alivia do fardo pesado. Ele nos cura, junta os cacos, traz a alegria de volta. Davi acreditou no poder de Deus para perdoar seus pecados. Ele clama a Deus dizendo: “Restitui-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito voluntário” (Sl 51.12). Ele pede que Deus o purifique, que apague as suas transgressões. Se no lugar de negar, confessarmos os nossos pecados, certamente Deus nos perdoará de todo mal. E não somente nos perdoa, como também nos purifica, nos fazendo andar em um novo caminho. Liberte-se do peso do pecado. Solte-o nos braços da misericórdia. 

Senhor, ouve! Senhor, perdoa! Senhor, vê e age!