quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Como um bambu


Leitura Bíblica: 2 Coríntios 9.10-11

O temor do Senhor ensina a sabedoria, e a humildade antecede a honra (Pv 15.33).

Há vários significados relacionados ao bambu. Existem alguns textos que listam, por exemplo, dez coisas que podemos aprender com o bambu. Quero destacar aqui apenas três delas: Flexibilidade, respeito e paciência. Estas caraterísticas estão relacionadas às seguintes qualidades do bambu. 1- O bambu se dobra e não se parte. 2- O bambu cresce em nódulos. 3- O bambu floresce apenas a cada 150 anos. 
O bambu se dobra e não se parte. Ele se balança suavemente conforme o vento. Podemos tirar daqui uma lição de humildade. Quem aprende a ser flexível, se abaixa sem quebrar. Sabe contornar situações. Mas se tentarmos enfrentar certas ondas, podemos nos machucar. É melhor saltar ou passar por baixo das ondas do que tentar enfrentá-las. Quem resiste ao vento pode se quebrar. 
O bambu cresce em nódulos. Os mais novos aparecem abaixo elevando os mais antigos. Isso nos lembra que devemos respeitar aos mais velhos. Dar prioridade àqueles que já tem os anos acrescidos. Pedro disse: “jovens, sujeitem-se aos mais velhos. Sejam todos humildes uns para com os outros, porque Deus se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes” (1Pe 5.5). 
Um bambu floresce apenas a cada 150 anos. Ele também, depois de plantado, demora muito para aparecer. Garr Reynolds disse: “Depois de plantada a semente, não se vê nada durante cinco anos, todo o crescimento é subterrâneo, invisível a olho nu, mas uma maciça e fibrosa estrutura de raiz se estende vertical e horizontalmente pela terra em que foi plantada”.  Isso nos lembra que devemos ser pacientes e perseverantes, pois as melhores conquistas de nossa vida demoram muito tempo para se concretizarem. Antes de colher, primeiro é preciso muito trabalho. Pode até parecer que não estamos conseguindo progredir, mas no momento certo o crescimento e o florescimento virão. Com a ajuda de Deus sejamos mais flexíveis, educados e firmes em seu propósito. 

As leis de Deus podem ser vistas na natureza.