sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Em busca da fama


Leitura Bíblica: Mateus 6.1-5

Como desconhecidos, apesar de bem conhecidos (2Co 6.9a).

Antigamente algumas pessoas sonhavam em ser famosas. Se tornar um jogador de futebol, um ator ou cantor. Hoje, praticamente todas as pessoas não somente querem ser famosas, mas tentam isso através da internet. O Rev. Lucas Pina em seu livro Servos Desconhecidos diz: “Não importa quem somos, nossa religião, classe social, educação, ou onde moramos, todos queremos ser famosos, reconhecidos e aplaudidos. É interessante que, quando olhamos para o cristianismo, mais especificamente para Jesus, encontramos um conceito oposto”. Lucas cita o que Benedict Carey escreveu em seu artigo O Motivo da Fama, para o New York Times: “dinheiro e poder são úteis, mas milhões de pessoas ambiciosas estão atrás de algo que não seja o escritório do canto ou a casa de praia em St. Bart. Eles querem que os pescoços girem, eles querem acender uma chama nos olhos dos outros, entrar em uma sala lotada e sentir a conversa parar”. 
O grande perigo que encontramos é que vivendo neste mundo das postagens e selfies fica cada vez mais difícil encontrarmos servos realmente comprometidos em desenvolver o seu trabalho. Acredito que chegou o tempo de tirarmos menos fotos, gravarmos menos vídeos, gastarmos menos tempo postando e olhando coisas na internet, no WhatsApp. Passamos do limite. Muitos estão ficando adoecidos e dependentes da realidade e fantasia virtual. Não quero dizer que temos que ser radicais, abandonar o computador e o celular. Quero dizer que devemos refletir melhor sobre o perigo que corremos de praticar boas coisas apenas para sermos vistos pelos outros. Tomar cuidado com a necessidade excessiva de ser admirado, curtido, elogiado, notado pelos homens. Desejando agradar a multidão, Pilatos soltou Barrabás, mandou açoitar Jesus e o entregou para ser crucificado (Mc 15.15). Jesus que não procurou agradar a si mesmo (Jo 5.30) nem aos que o acusavam, morreu na cruz para cumprir a vontade do Pai. 

Que nosso propósito maior seja agradar a Deus.