segunda-feira, 11 de novembro de 2019

O preocupador


Leitura Bíblica: Salmo 37.1-5

Descanse no Senhor e aguarde por ele com paciência (Sl 37.7a). 

O pastor Lloyd John Ogilvie conta que uma vez resolveu fazer uma lista do que lhe preocupava. Ele disse: “Fiz uma relação das coisas que me irritava na vida, as responsabilidades e os relacionamentos. Para a minha surpresa, a lista ocupou uma página toda do meu diário de devoções. Decidi pedir ao Senhor que me ajudasse a declarar guerra contra a irritação. Entreguei a ele cada uma das minhas preocupações e escrevi o que aconteceu depois. Algumas das coisas que me irritavam jamais se tornaram realidade, muitas se resolveram pela intervenção do Senhor e outras se transformaram em fonte de crescimento na confiança e paciência. Hoje, um ano depois, examinei novamente essa relação. Por que cargas d’água eu me preocupei com isso? perguntei a mim mesmo”. 
Você é um preocupador de mão cheia? Se irrita com facilidade, faz tempestade em copo d’água? Isso acontece principalmente com pessoas que exageram no perfeccionismo, cobram de si mesmo e dos outros padrões altos demais. Precisamos tomar cuidado com isso. Pois viver tão irritado além de fazer mal para nós, fará mal para as pessoas que convivem conosco. Devemos ser responsáveis e fazer o melhor que pudermos, claro que não podemos ser relaxados. Mas não é preciso fazer tudo tomado por nervosismo, irritado o tempo todo. Devemos fazer tudo com amor e paciência. 
O Salmo 37 ensina que até mesmo quando somos perseguidos devemos manter a paciência. Descansar no Senhor, esperar nele e não se irritar. “Irritar-se é fazer mau uso da imaginação, trazendo à mente quadros do pior que poderia acontecer. Uma imaginação cativada por Cristo nos capacita a ver com clareza maior o que ele deseja que façamos com as pessoas e situações que nos irritam” (Lloyd John Ogilvie). O tempo vai mostrar que ficar bravo ou agredir os outros não é o melhor caminho. Quando esperamos com paciência demonstramos confiança em Deus. É certo que Deus cuida de todas as coisas. 
Que a paz de Deus nos acompanhe.